terça-feira, 6 de setembro de 2011

Pastores ou Estelionatários?


 




"Ouvi agora isto, vós chefes da casa de Jacó, e vós maiorais da casa de Israel, que abominais o juízo e perverteis tudo o que é direito...
Os seus chefes dão as sentenças por suborno, e os seus sacerdotes ensinam por interesse, e os seus profetas profetizam por dinheiro, e ainda se encostam no Senhor, e dizem: Não está o Senhor no meio de nós? Portanto, por causa de vós, Sião será lavrada como um campo..."  (Mq 3:9)



Advertência do Senhor Jesus: "Acautelai-vos e guardai-vos da avareza, porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui" (Lc 12.15). A ordem d'Ele permanece a mesma: "Buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça.". (MT 6.33)






A torpe ganância pelas riquezas, a busca pelo status social e a aclamação pública tem feito com que uma leva de falsos pastores e falsos pregadores assuma a liderança e audiência ($$$$$) na mídia e em muitas comunidades cristãs. E como já não bastasse, para piorar a situação, mudaram o objetivo da revelação bíblica levando a multidão dos que buscam a Deus errarem o alvo. Oferecem “bênçãos materiais” ao povo pregando um falso evangelho que visa resolver problemas financeiros e não o problema da condenação espiritual na qual o ser humano já nasce sob, muitas vezes sendo isto o principal motivo pelas calamidades em que a raça humana é submetida. Seus objetivos? Vida regalada. Embora o termo pareça ser familiar, não me refiro somente aos mercenários da fé da “esplendorosa” Universal. Não.  Me refiro a todos estes que usufruem de uma tribuna ou de algum meio de comunicação para extorquir as pessoas oferecendo soluções através de objetos ou ações que demandem contribuição financeira. Estes fraudadores surgem das mais diversas comunidades evangélicas e com o apoio financeiro delas, se passam por mensageiros de Cristo. Mas como Ele próprio diz, estes impostores servem em seus discursos "bebida misturada", ou seja: Usam textos bíblicos para embasarem suas doutrinas profanas com o propósito de arrecadarem lucros para si sob o pretexto da obra de Deus, negando o verdadeiro evangelho da salvação em prol do "evangelho" dos bens materiais.





Estes não se importam com a situação material e nem espiritual de quem quer que seja, a não ser em ostentar o alto padrão de vida que possuem. Estes prostitutos e prostitutas espirituais induzem o povo de encontro à ignorância espiritual total com seus discursos eloqüentes corrompendo os bons costumes e convertendo a verdade em mentira. Usam textos fora de contexto conduzindo ao erro a fim de extorquirem suas vítimas afastando seus ouvintes cada vez mais do caminho da vida.  Difamam o nome de Deus estabelecendo valores e ensinando as pessoas contribuírem por interesse ou necessidade, contrariando o que está escrito:
 



“Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.” II Co. 9:7
 
Os textos que muitas vezes são aplicados por eles nem de longe referem-se a dízimos e ofertas, mas da prática do amor fraternal para com os necessitados o qual a Bíblia chama de Praticar  Justiça:
 
“Quanto à administração que se faz a favor dos santos, não necessito escrever-vos; Porque bem sei a prontidão do vosso ânimo, da qual me glorio de vós para com os macedônios; que a Acaia está pronta desde o ano passado; e o vosso zelo tem estimulado muitos.”  II Co. 9:1,2
 
No contexto de prestar socorro ao pobre que a Palavra diz:

“E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará.” II Co. 9:6

Certifique-se lendo todo o texto de II Co 9.
Não diferente desta visão Tiago escreve: “A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo.” Tg 1:27
Não adianta visitar somente, aqui o texto sugere atender a necessidade. Outra: Ouvir e por em prática heresias é ceder a corrupção.
Jesus reconhece a fidelidade dos escribas e fariseus ao trazer os dízimos, mas os tem por hipócritas exatamente porque negavam a justiça:



“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.” Mt 23:23

A custa de mensagens manipuladas, bajuladoras e mentirosas enriquecem-se escurecendo o caminho da verdade. São eles moscas na sopa que a muito deveriam ter sido cuspido fora, no entanto são aclamados como homens e mulheres de Deus. Estes fazem o evangelho parecer imundo para os que são de fora, fechando a porta da salvação para aqueles que fazem uso do raciocínio e julgam todos por um. Portanto, em nome da Sã Doutrina e por misericórdia aos que são enganados, publico esta matéria.
Não tenho o menor respeito por estes tais assim como eles também não tem nenhum respeito pelo nome daquele que se assenta no mais alto trono, a saber: Jesus Cristo, nosso Senhor. Do qual dizem serem servos, mas pelos seus frutos provam que são mentirosos. Pois transformam as riquezas espirituais em mediocridades e as vendem como se fossem bugigangas em camelódromos. São estes os cambistas que certamente o Senhor Jesus trataria na chibatada os enfrentando face a face como fizera aos mercenários de sua época aqui na terra. Mas e nós?Será que temos feito algo por zelo à sagrada doutrina cristã? Na maior parte dos casos, infelizmente, tenho visto o contrário. Muitos entraram no engodo das heresias que estes pregam, sendo levados a subornarem Deus em busca de respostas financeiras enquanto engordam o bolso desses lobos roubadores. Estes cristãos se dão ao papel de tolos e ignorantes quanto ao entendimento das Escrituras Sagradas, cooperando com o ministério da corrupção na igreja. Os ensinamentos que descrevem estes maus frutos foram redigidos de forma clara e objetiva pelos apóstolos e profetas a fim de evidenciar os fraudadores do rebanho, os quais já naquele tempo enfrentavam.   



Um Outro Evangelho

"Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho;
O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo.
Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema (amaldiçoado).
Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema (amaldiçoado)."  Gl 1: 6-9





Ensinar que o Senhor aceita dinheiro para derramar bênçãos especiais atrelando a ação divina a qualquer tipo de oferta, seja para qual finalidade for, é usar do mesmo princípio que o papa Leão X usou para vender indulgências a fim de levantar recursos para a igreja católica, atitude esta que levou Lutero a rebelar-se contra o sumo pontífice. 





Tornou-se por acaso o Senhor corrupto e desviou-se de sua justiça? Mudou Ele seus princípios porque sua obra na Terra está correndo risco de parar e por isso precisa melhorar seu poder aquisitivo para assim concluí-la? Quero fazer ainda uma terceira pergunta: Quando o Senhor Jesus detectou que a riqueza na vida do jovem rico era o que o impedia segui-lo, qual foi o percentual desta riqueza que Ele requereu para a obra de Deus a fim de abençoá-lo? Se você não se lembra, aí vai:



“Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me.”   

Ele não pediu nenhum centavo da riqueza do rapaz para si. Não é impressionante saber que existem “revelações” que nunca foram dadas pelo Espírito Santo ao Filho Unigênito de Deus comumente hoje nos ensinos destes que supõem serem filhos do Altíssimo? Suas atitudes provam sua real paternidade mentindo descaradamente ao povo, negando-lhe a verdadeira luz do evangelho. Certa vez ouvi uma frase que diz: Pior do que o grito dos malfeitores é o silêncio dos bons. Nós que não concordamos com estas baboseiras temos que deixar a timidez de lado e denunciar o pecado desta gente profana que se auto-proclama autoridade de Deus. Quem cala consente, a igreja tem consentido a profanação do evangelho e responderá por isso. Submeter-se a eles e à sua doutrina é rebelar-se contra a Palavra de Deus, por isso muitas pessoas foram e ainda serão rejeitados por Deus conforme nos mostram as Escrituras. Por outro lado, profetas foram perseguidos, humilhados, açoitados, presos e mortos, porque não se calaram nem mesmo quando o herege era o rei de seu país. Um verdadeiro servo de Deus jamais consentirá que tais mentiras entrem em seu coração e dificilmente sua boca se fechará diante de tamanha corrupção, ainda que isto lhe custe o sangue de suas veias.

Deus não aceita barganhar com nenhum “comedor de feijão”. Aceitemos sua Palavra e nos arrependamos de fato e de verdade das nossas imundícies para recebermos o sangue do Cordeiro e assim sermos limpos e consequentemente abençoados ou mantemos nossa rebeldia e soframos a Sua ira. É esta a condição e ponto final. Deus não tem obrigação de abençoar a ninguém, quando o faz é por sua livre e espontânea vontade e benignidade. Você pode ter aprendido que ao dar seu dinheiro Deus ficou na obrigação de cumprir sua Palavra para contigo. Mas, quem te garante que Deus aceitou sua oferta? O fato de o pregador pegar o seu dinheiro não garante que Deus tenha aceitado. Vamos ver na Palavra?

“E aconteceu ao cabo de dias que Caim trouxe do fruto da terra uma oferta ao SENHOR. E Abel também trouxe dos primogênitos das suas ovelhas, e da sua gordura; e atentou o SENHOR para Abel e para a sua oferta. Mas para Caim e para a sua oferta não atentou...” Gn. 4:4,5

Antes de Deus aceitar qualquer oferta de suas mãos ele sondará seu coração, e o objetivo pelo qual estiver ofertando não sendo de acordo com os princípios de Sua justiça, certamente recusará. Razão pela qual Caim e sua oferta não foram aceitos. Deus jamais negociará seus favores a troco de dinheiro ou qualquer outro tipo de oferta com quem quer que seja por um simples motivo: Você é o elemento precioso que ele deseja. Se você não der este elemento por completo a Ele, seu resto Ele não aceita. Deus não ama coisas, Ele ama pessoas, e isto já deixou muito bem esclarecido em suas Escrituras Sagradas, e principalmente quando enviou seu maior bem, seu Filho Amado como preço por nossas vidas. Você espera que Ele traia a este princípio que custou a vida do que lhe é mais precioso, aceitando o suborno de suas mãos só para atender seu capricho, ainda que isto seja uma necessidade? Se esta é a sua tática de fé, arrependa-se diante d’Ele, porque sua atitude o insulta. Suas ofertas sejam elas o que for, deverão ser uma extensão da entrega de sua vida a Ele, em forma de gratidão pela obra que já realizou na cruz por você e jamais objetos de troca.  

Os hereges trabalham em prol de seus próprios interesses e não do Reino de Deus. Não poupam nem mesmo os mais necessitados de suas sórdidas ganâncias. Estes são aqueles que os apóstolos e o próprio Cristo disseram que viriam para comer da gordura e colher da lã do rebanho sem o menor compromisso e nem misericórdia para com o mesmo. E diz ainda, que após terem engordado do rebanho o deixará como alimento para as rapinas deste mundo. São estes os pastores que apascentam a si mesmos, que ostentam as suas vaidades e se deliciam do melhor deste mundo tirando o pão da boca do faminto, descobrindo o nu e até mesmo desviando o valor de seus aluguéis em prol de si mesmos.

“Os seus chefes dão as sentenças por suborno, e os seus sacerdotes ensinam por interesse, e os seus profetas adivinham por dinheiro; e ainda se encostam ao SENHOR, dizendo: Não está o SENHOR no meio de nós? Nenhum mal nos sobrevirá. Portanto, por causa de vós, Sião será lavrada como um campo e Jerusalém se tornará em montões de pedras, e o monte desta casa como os altos de um bosque.”  Miquéias 3: 11,12

Se alguém não quer ter sua vida arruinada pela mão de Deus fuja destes profanos e de suas heresias. A ira de Deus está acesa contra eles e se derramará sobre todos eles e alcançará até mesmo os que estiverem subsidiando-os. Se você sustenta estes charlatões por não ter entendimento do que a Palavra de Deus diz a respeito já não é mais o caso. Porém, agora luz está sendo lançada em seu entendimento, basta você investigar por si mesmo na Bíblia e pedir ao Espírito Santo a confirmação de sua Palavra e serás liberto desta amarração colocada em sua mente. Endurecendo seu coração, sua postura diante da Palavra de Deus não será diferente da posição deles, isto lhe fará conivente ao pecado deles.

Se você tem amor à obra de Deus, seja um colaborador consciente do Reino de Deus e não um fantoche manipulado por palavras persuasivas que nenhum bem lhe trará. Muito pelo contrário, somente decepções, porque o que eles profetizam não se cumprirá e isto entristecerá seu espírito, cada vez mais e mais até o momento em que sua fé se apagará por completo e isto por ter esperado por promessas que não saíram da boca de Deus, não naquele propósito.
Quer saber como amolecer o coração de Deus e fazê-lo sensível ao seu clamor? As respostas estão nestes princípios:

“E disse aos seus discípulos: Portanto vos digo: Não estejais apreensivos pela vossa vida, sobre o que comereis, nem pelo corpo, sobre o que vestireis. Mais é a vida do que o sustento, e o corpo mais do que as vestes. Considerai os corvos, que nem semeiam, nem segam, nem têm despensa nem celeiro, e Deus os alimenta; quanto mais valeis vós do que as aves? E qual de vós, sendo solícito, pode acrescentar um côvado à sua estatura? Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras? Considerai os lírios, como eles crescem; não trabalham, nem fiam; e digo-vos que nem ainda Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como um deles. E, se Deus assim veste a erva que hoje está no campo e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé? Não pergunteis, pois, que haveis de comer, ou que haveis de beber, e não andeis inquietos. Porque os incrédulos do mundo buscam todas essas coisas; mas vosso Pai sabe que precisais delas. Buscai antes o reino dos céus e a sua justiça e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não temais, ó pequeno rebanho, porque a vosso Pai agradou dar-vos o reino.” Lc. 12: 22-32

Lembre-se que buscar o reino é viver a justiça de Deus. Se você já aceitou o sacrifício de Cristo e reconhece que é necessitado de sua graça, certamente está limpo diante do trono de Deus. Sendo esta sua condição, você foi feito sacerdote pelo mesmo sangue e pela Unção dos santos, e como tal não precisa de ninguém para fazer de sua vida uma verdadeira celebração de adoração ao Rei, tão somente cumpra seus princípios e não os princípios dos homens. Do contrário, aceite o sacrifício de Jesus como pagamento por sua dívida espiritual crendo que ele é o Cordeiro Santo de Deus, que morreu em seu lugar na cruz do calvário, ressuscitando ao terceiro dia  e confesse-o diante dos homens que assim, Ele o fará em um sacerdote de seu reino desde agora e para todo o sempre.
Outro princípio que vai de encontro a justiça de Deus está em Isaías 58:

“Porventura não é este o jejum que escolhi, que soltes as ligaduras da impiedade, que desfaças as ataduras do jugo e que deixes livres os oprimidos, e despedaces todo o jugo? Porventura não é também que repartas o teu pão com o faminto, e recolhas em casa os pobres abandonados; e, quando vires o nu, o cubras, e não te escondas da tua carne? Então romperá a tua luz como a alva, e a tua cura apressadamente brotará, e a tua justiça irá adiante de ti, e a glória do SENHOR será a tua retaguarda. Então clamarás, e o SENHOR te responderá; gritarás, e ele dirá: Eis-me aqui. Se tirares do meio de ti o jugo, o estender do dedo, e o falar iniqüamente;  E se abrires a tua alma ao faminto, e fartares a alma aflita; então a tua luz nascerá nas trevas, e a tua escuridão será como o meio-dia. E o SENHOR te guiará continuamente, e fartará a tua alma em lugares áridos, e fortificará os teus ossos; e serás como um jardim regado, e como um manancial, cujas águas nunca faltam.”  Is. 58: 6-11

Esta é a verdadeira mensagem de prosperidade que nós, os filhos de Deus devemos praticar como oferta agradável a Ele que é digno de toda nossa gratidão, louvor e honra.
"E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino, puro e resplandecente; porque o linho fino são as justiças dos santos." Ap. 19: 8
Assista a estes vídeos e veja exemplos do que estou denunciando. Quero deixar bem claro que eu não sou contra dízimos e ofertas e nem estou generalizando as lideranças evangélicas. Sou contra exploração, extorsão, manipulação, heresias, profanação da fé e mentiras ditas em nome de Jesus. Dessas coisas e de seus precursores sou inimigo declarado.

Se a carapuça não servir não a vista, mas se couber é bom que se arrependa a tempo e pare de enganar as pessoas de boa fé e aos leigos, fazendo-os verem Deus mercenário e mentiroso como você.



"Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos." Mt. 24:24

"Pois onde estiver o cadáver (carniça), aí se ajuntarão as águias (urubus)." Mt. 24:28

Não se iluda com seus sinais e nem seja um carniceiro caçador de cadáveres. O Senhor Jesus apontou sinais e prodígios como sendo um indicativo dos falsos profetas e dos falsos cristos. O que difere um mensageiro falso do verdadeiro é o teor de sua mensagem e não os sinais que acontecem em seu ministério. Um profeta verdadeiro jamais substituirá o objetivo da mensagem seja por qual motivo for, nem se importará em agradar a quem quer que seja. O autêntico servo de Deus se manterá fiel à essência da doutrina de Cristo visando levar o pecador reconhecer que vive sob a ira de Deus e que seu conforto espiritual não deve ter base em bens materiais e muito menos usará da miséria alheia para se autopromover operando dons de cura para capitalizar seu ministério. Isto explicitamente é profanação. Se você considera estes inúteis e crê em suas heresias, sinto informar, mas infelizmente você não conhece o Cristo da Bíblia, nem sua Palavra e nem possui o seu Espírito. Os verdadeiros eleitos não poderão ser enganados por estes tais, é o que está escrito. Se este é seu caso, deixe de ser acomodado e estude as Escrituras porque somente isto poderá transformar sua mente e convertê-lo(a) de fato ao verdadeiro cristianismo. Sem isto, jamais poderá discernir o reino dos céus e muito menos entrar nele.  

"Porque assim diz o SENHOR dos Exércitos, o Deus de Israel: Não vos enganem os vossos profetas que estão no meio de vós, nem os vossos adivinhos, nem deis ouvidos aos vossos sonhos, que sonhais; Porque eles vos profetizam falsamente em meu nome; não os enviei, diz o SENHOR...
Buscai-me eis e me achareis quando me buscares de todo o vosso coração."  Jr. 29: 8,9 e 13





Alguns dos muitos transtornadores do
Evangelho do Senhor Jesus




Silas Malafaia e seus Amigos Hereges.





 

Talvez sua necessidade ou cobiça tenha feito você crer nesta abominação. Estes homens não dizem o que é reto a respeito do Senhor. Não tire de sua necessidade e nem se prive abençoar a um necessitado para colaborar com estes amaldiçoados. Não seja conivente com o pecado deles subsidiando heresias, porque isto o fará herege também.
Os Profetas que temos que crer para prosperarmos (vitórias sobre o pecado) são os profetas da Bíblia e  são eles os que denunciam a estes cães gulosos. Is. 56:11



Blogueiros Filhos do Diabo!



 
O Pr. Silas Malafaia chamou os blogueiros apologéticos de filhos do diabo, e ainda os incitou a colocar isso nos sites. Tudo porque os blogueiros e sites apologéticos denunciam a herética Teologia da Prosperidade, defendida por esse pastor e seus colegas Mike Murdock e Morris Cerullo, teologia que nada tem a ver com o Evangelho puro e simples de Jesus Cristo, que veio à terra pregar a salvação e não o acúmulo de riquezas nesse mundo. O pior: segundo a teologia da prosperidade, Deus só abençoa quem dá dinheiro para os pastores, ou seja, o deus da prosperidade é um mercenário, o próprio Mamom em pessoa. Assim, ser chamados de filhos do diabo por um profeta de Mamom é uma honra, já que diabo quer dizer adversário, e quem ama e defende a Cristo é adversário dos profetas de Mamom e de Baal.


* * *

O bispo Manoel Ferreira da Assembléia de Deus Madureira  faz aliança com o falso messias reverendo Moon.

 


Sun Myung Moon afirma que Jesus lhe apareceu em uma visão, no ano de 1935, enquanto Moon estava orando em uma montanha na Coréia. Na tal visão narrada por Moon, Jesus teria lhe pedido que completasse a tarefa de estabelecer o reino de Deus na terra e para que também lhe ajudasse a levar a sua paz à humanidade. Moon afirma ainda que a missão do Senhor Jesus foi deixada incompleta.

De pronto, já podemos verificar que a tal visão é falsa, pois foi o próprio Senhor Jesus quem, da cruz, bradou em vitória: “Está Consumado!”.


"Porque virão muitos em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo, e enganarão a muitos" SENHOR JESUS CRISTO, Mateus 24:5






O Ministério da Maldição do Herege Beny Hinn.


 


Infelizmente, muitos crentes, por não conhecerem toda a verdade acerca de Benny Hinn, consideram-no um verdadeiro deus. Os fatos descritos abaixo são duras realidades, mas devem ser levados em consideração por aqueles que, cegamente, têm seguido aos ensinamentos de Benny Hinn:

1) Ele declarou que Jesus “... assumiu a natureza de Satanás, para que todos quantos tinham a natureza de Satanás pudessem participar da natureza de Deus”. Esta declaração blasfema é citada no excelente trabalho crítico de Hank Hanegraaff, Cristianismo em Crise, editado pela CPAD (p. 166).

2) Afirmou que o Espírito Santo lhe revelou que as mulheres foram originalmente criadas para dar à luz pelo lado. Todavia, por causa do pecado, passaram a dar à luz pela parte mais baixa de seu corpo (idem, p. 373).

5) Hinn costuma visitar os túmulos de duas "santas mulheres", Kathry Kuhlman e Aimee S. McPherson, para receber a “unção” que flui de seus ossos (idem, p. 373). Veja + 




O Lixo "Evangélico" da Mundanal



 




O que me alivia é saber que Deus não terá estes vigaristas por inocente. Nenhuma de suas más obras ficarão impunes e sua irá será derramada sobre esta corja maligna que escurece o caminho da salvação não permitindo que muitos entrem por ele.





Share:

2 comentários:

  1. A GRAÇA E A PAZ DO SENHOR JESUS INUNDE SEU CORAÇÃO .

    AGRADEÇO A DEUS POR EU SER PENTECOSTAL - GLÓRIAS A DEUS . ESTOU AO VIVO AGORA EM HTTP://GRITOSDEALERTA.COM E HTTP://GRITOSDEALERTA.COM.BR

    COLOQUEI COMO ANONIMO POR NÃO ESTAR DANDO CERTO DE OUTRO JEITO.

    BISPO ROBERTO TORRECILHAS
    GRITOS DE ALERTA.

    ResponderExcluir
  2. Realmente acredito em tudo isso, até porque já testemunhei pastores ingênuos copiarem esses mestres da enganação, verdadeiros estelionatários cujo objetivo principal nunca foi o evangelho de Cristo Jesus e sim a forma mais indigna de se ganhar diunheiro e o pior é que verdeiros cursos de ensinamentos biblicos são ministrados no sentido de se pedir dinheiro, onde a ministração por mais longa e parecida com a verdadeira palavra de Deus é, mais fácil fica para o convencimento, pois quem não o conhecimento e não interpreta a palavra de forma clara e cristalina acaba se convencendo e acreditando que é verdade e o pior é que esse enganado passa a ser enganador e nem tem ideia de que esta enganando o contadinho do fiel que mau sabe que a palavra não se aplica a ele e sim ao falso profeta.

    ResponderExcluir

Todo os comentários serão muito bem vindos desde que seja com responsabilidade. Ao fazer críticas, elogios e sugestões use do bom senso. Não serão publicados textos que não respeitem estas regras.

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo do blog

Theme Support