terça-feira, 6 de setembro de 2011

Nova Ordem Mundial




O Que É?


A entrevista abaixo com o produtor de filmes Aaron Russo possui informações contundentes a respeito do assunto que propomos tratar nesta matéria. Aconselho que invista alguns minutos assistindo este vídeo que com certeza será fundamental para a compreensão de todos os  assuntos que abordaremos neste blog. 




* * *


A nova ordem mundial é um assunto complexo que envolve todo o universo político, econômico, social, cultural, educacional, tecnológico, geográfico, religioso entre outros. Se fossemos entrar no mérito de cada questão levaríamos décadas discutindo o assunto por ser ele um planejamento milenar. Há indicio de que esta discussão tenha dado início nos idos de 1090, portanto estamos há quase um milênio desatualizados a este respeito. Esta desinformação gerou a falsa impressão de que exista uma  “Teoria da Conspiração”. Na verdade não se trata de uma teoria conspiracionista e sim de um plano em ação, que não pode ser visto explicitamente porque são assuntos secretos, mas, que se observados minuciosamente teremos nos seus resultados aparentes na história, a visão de que tudo foi cuidadosamente orquestrado. 


Existem muitos acontecimentos históricos que revelam esta ação secreta, vou citar dois apenas para não fugir do foco. São: O caso World Trade Center e o aquecimento global. Duas grandes mentiras que envolvem estes casos com a mesma finalidade: Estabelecer o Governo supranacional. Após a leitura desta matéria assista os vídeos que contam esta história acessando no menu acima o título "A Face Oculta".

Não espere que a mídia publique estas matérias, muito pelo contrário, seus diretores respondem diretamente aos interessados na desinformação geral. A imprensa convencional ao longo de todos estes anos jamais ousou publicar.tais assuntos sob ameaças de retalhações, ao invés disso exploram a indústria do medo criando falsos vilões e falsos heróis, colaborando para que o grande público jamais perceber o que acontece bem sob seu nariz.

Na teoria das relações internacionais, o termo "Nova Ordem Mundial" (NOM) tem sido utilizado para se referir a um novo período no pensamento político e no equilíbrio mundial de poder, além de uma maior centralização deste poder. Apesar das diversas interpretações deste termo, ele é principalmente associado com o conceito de governança global.

Foi o presidente dos Estados Unidos Woodrow Wilson que pela primeira vez desenvolveu um programa de reforma progressiva nas relações internacionais e liderou a construção daquilo que se convencionou denominar de "uma nova ordem mundial" através da Liga das Nações logo após a 1ª guerra mundial.

Nos Estados Unidos a expressão foi usada literalmente pela primeira vez pelo presidente Franklin Delano Roosevelt em 1941, durante a II Guerra Mundial.
A Nova Ordem Mundial também é um conceito sócio-econômico-político que faz referência ao contexto histórico do mundo pós-Guerra Fria. Foi utilizado pelo presidente dos Estados Unidos Ronald Reagan na década de 1980, referindo-se ao processo de queda da União Soviética e ao rearranjo geopolítico das potências mundiais.

Este rearranjo das superpotências é o resultado das grandes guerras, golpes de estado, e depleções/redenções econômicas dos últimos 100 anos (e antes) foram cuidadosamente planeadas e iniciadas pelas manipulações dessas elites. Elas incluem a guerra Espanha – América (1898), primeira e a segunda guerra mundial; a grande depressão; a revolução Bolshevik de 1917; o aparecimento da Alemanha Nazi; a guerra coreana; a guerra do Vietname; 1989-91 "queda" do comunismo Soviético; 1991 guerra do golfo; guerra no Kosovo. Até a revolução Francesa foi orquestrada pelos elementos da Nova Ordem Mundial.

A parte corporativa da Nova Ordem Mundial é dominada pelos banqueiros internacionais, barões do petróleo e cartéis farmacêuticos, também como outras corporações multinacionais. A família real inglesa, principalmente a Rainha Elizabeth II e a casa de Windsor, (que são na realidade, de fato, descendentes da realeza Européia alemã – a família Saxe-Coburg-Gotha – mudou o nome para Windsor em 1914), são jogadores muito altos nos poucos governantes que controlam o topo da NOM. O centro das decisões em Londres (especialmente a cidade de Londres), Basel Suíça, e Bruxelas (Sede da NATO). 

As Nações Unidas, juntamente com todas as agências trabalha para a NU, tais como Organização Mundial de Saúde, são jogadores a tempo integral no esquema. E a NATO e uma ferramenta militar da NOM. 
Os Lideres dos maiores países industrializados como Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha, Itália, Austrália, Nova Zelândia, etc. (membros do "G7/G8") estão ativos e plenamente cooperativos nesta ação global.



A globalização nada mais é do que uma ferramenta da expansão capitalista. Pode-se afirmar que a globalização está para o atual período científico-tecnológico, assim como o colonialismo esteve para a sua etapa comercial, ou o imperialismo para o final da fase industrial.




Declarações dos Globalistas



"Teremos um governo mundial quer queiram quer não. A única questão é se esse governo será conseguido por conquista ou com consentimento. (17 de Fevereiro de 1950, tal como foi testemunhado no Senado Americano.
A intenção deles é ter total e completo controlo sobre qualquer ser humano existente no planeta e reduzir dramaticamente a população mundial em 2/3. Enquanto que o nome “Nova Ordem Mundial” é o termo mais frequentemente utilizado para nos referirmos vagamente a alguém envolvido nesta conspiração, o estudo de exactamente quem faz parte de este grupo é complexo e intrigante.” - Paul Warburg: 





"Não há nações! Não existem povos! Não há russos. Não há árabes! Não existem terceiros mundos! Não há Oeste! Existe apenas um sistema holístico de sistemas, um vasto, imenso, interligado, interativo e multi-variado domínio multinacional de dólares! Petro-dólares, eletro-dólares, multi-dólares, marcos, rublos, rin, libras e shekels! É o sistema internacional de moedas que determina a totalidade da vida neste planeta! Isso é a ordem natural das coisas hoje!... Não há América. Não há democracia. Só existem IBM e ITT ea AT & T e Dupont, Dow, Union Carbide e Exxon. Essas são as nações do mundo de hoje... Nós já não vivemos em um mundo de nações e ideologias, Sr. Beale. O mundo é um colégio de corporações, inexoravelmente conduzido pelos imutáveis estatutos das empresas... O mundo é um negócio, Sr. Beale! Tem sido assim desde que o homem se arrastou para fora da lama, e nossos filhos, Sr.Beale, vão viver para ver esse mundo perfeito, em que não há guerra, miséria, opressão e brutalidade, apenas uma holding vasta e ecumênica, para quem todos os homens vão trabalhar, a fim de prover um lucro comum, em que todos os homens detêm uma quota de estoque, todas as necessidades previstas, todas as ansiedades eliminadas, todos vivendo nesse tédio divertido..." - Arthur Jensen, Network, 1976





Estamos gratos ao Washington Post, ao New York Times, à Time Magazine a outras grandes publicações», disse David Rockefeller, «cujos diretores estiveram presentes nas nossas reuniões e respeitaram, durante quase quarenta anos, as suas promessas de discrição.» E, em seguida, explicou: «Ter-nos-ia sido impossível desenvolver o nosso plano para o mundo se, ao longo desses anos, tivéssemos estado sob os holofotes da publicidade. Mas o mundo está muito mais sofisticado e preparado para avançar para um governo mundial. A soberania supranacional de uma elite intelectual e banqueiros mundiais é, certamente, preferível à autodeterminação nacional exercida em séculos passados – pag 26.pfg1 Um dos objetivos de Bilderberg é desindustrializar o mundo mediante a supressão de todo o desenvolvimento científico, a começar pelos Estados Unidos.




Já há alguns séculos estamos sob a direção velada de poderosos e malévolos grupos que tem uma idéia fixa: a implantação de um conjunto de idéias fascistas denominadas de 'Nova Ordem Mundial'.




A Nova Ordem Mundial é um plano secreto com o objetivo de derrubar a soberania dos países tornando-os numa constituição supranacional, geridos por um sistema único de governo, erradicando todas as religiões e crenças, unificando a humanidade sob uma “nova ordem”, que seria baseada em uma ideologia extremamente uniforme, uma moeda única e uma economia universal.

Acontecimentos históricos e atuais são vistos como passos de um curso planejado para governar o mundo principalmente através de uma combinação de políticas financeiras, corrupção política, engenharia social, controle mental, e o medo à base da propaganda (cultura do medo). Uma das variantes da Nova Ordem Mundial seria o plano concebido por Adam Weishaupt, chamado "processo de globalização" iniciado em finais do século XX a nível mundial, seria uma das muitas facetas do estabelecimento progressivo dessa nova ordem.





Referências:

Um livro esclarecedor e recomendado, que serve de complemento a esta informação: Pike, Theodore Winston. 1986. Israel, Our Duty, Our Dilemma. Big Sky Press, EUA, 345 pp







Livro: A Verdadeira História do Clube Bilderberg - Daniel Estulin 
Saiba mais sobre o assunto, Baixe gratuitamente 




* * * * * * * * * * 











Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Todo os comentários serão muito bem vindos desde que seja com responsabilidade. Ao fazer críticas, elogios e sugestões use do bom senso. Não serão publicados textos que não respeitem estas regras.

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo do blog

Theme Support