sábado, 10 de outubro de 2015

ROMA OU JERUSALÉM?


O cristianismo é o termo usado para englobar todos os que creem em Jesus Cristo. É o RÓTULO que nos deram, porém, é importante saber que existem dois cristianismos:

1 - Jerusalém,
2 - Roma.


NÃO É O MESMO? NÃO!

Você pode pensar que se trata do mesmo cristianismo, mas não é! O cristianismo que vem de Roma surgiu no reinado do imperador romano Constantino, cerca de 300  d.C.. Posteriormente este cristianismo, que foi uma fusão do paganismo com o cristianismo original, tornou-se decreto real, na religião oficial do império romano. Deste decreto nasceu o catolicismo/protestantismo no modelo que hoje existe, possuindo pontificados (o principal deles, o papa), segundo o modelo de hierarquias do império romano, contrariando o modelo de autoridade que Jesus Cristo constituiu na igreja de Jerusalém ao formar o apostolado.

O cristianismo de Jesus Cristo até hoje não é reconhecido pelos cristãos romanizados (católicos e protestantes). Pois eles se divergem na questão doutrinária e principalmente no modelo de autoridade estabelecido.

Não abordarei aqui as doutrinas de forma em geral. Quero expor o principal ponto divergente entre a igreja de Roma e a igreja de Cristo (Jerusalém): MODELO DE AUTORIDADE DIVERGENTE

Na orientação de Jesus Cristo, a autoridade da igreja não deveria em hipótese alguma imitar o modelo romano, que já seguia a tradição dos reinos de origem mais remotas.

Na doutrina de Cristo, o governo da igreja deve se estabelecer tendo como LIDERANÇA aqueles que servem o corpo, que estão na base, que geralmente eram os mais amadurecidos (sinônimo de ancião ou presbítero) na vida com o evangelho.

Já no modelo que veio do cristianismo romano, através de Constantino, a autoridade da igreja forma-se através de um clero nomeado, que tem poder sobre os cristãos, estabelecendo hierarquias sob o estado romano.

Basicamente foi isto que promoveu a perseguição e o extermínio de centenas de milhares de cristãos que se recusaram reconhecer a autoridade do homem que adulterava o corpo doutrinário da igreja.

Vamos tomar duas figuras geométricas para explicar as diferenças:

Quando Jesus instituiu o modelo de liderança da igreja para seus discípulos, eles estavam em conflito, disputando o topo do apostolado e, o Senhor os ordenou da seguinte maneira:

"Então Jesus, chamando-os para junto de si, disse: Bem sabeis que pelos príncipes dos gentios são estes dominados, e que os grandes exercem autoridade sobre eles.
NÃO SERÁ ASSIM ENTRE VÓS; mas todo aquele que quiser entre vós fazer-se grande seja vosso serviçal;
E, qualquer que entre vós quiser ser o primeiro, seja vosso servo;
Bem como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos."  Mateus 20:25-28

Esconderam esta interpretação de vocês quando aplicaram esta doutrina como "LIÇÃO DE HUMILDADE". Horas, qualquer pessoa que queira ser honesta consigo mesma, pode notar que todo o texto e contexto de Mt 25 fala do governo da igreja e não de humildade.

O que Jesus deixou claro, é que a liderança do mundo é formado por uma hierarquia, onde o maioral está la no topo mandando em todos e se servindo do suor e do sangue dos que estão sob ele, através de tributos e dízimos.

Este é o modelo piramidal, o qual ele reprovou e proibiu ser copiado como modelo de governo em sua igreja.

O modelo que ele toma para ser aplicado como forma de governo na igreja é a forma quadrangular. Isto nos dá a idéia de uma edificação de uma cidade, e neste modelo a cidade santa é quadrangular e não piramidal.

Para você, talvez isto seja novidade, mas não é novo nos relatos bíblicos. Jesus não constituiu hierarquia para governar sua igreja.

Ele mesmo se chama de pedra angular que é uma referência daquilo que sustenta uma edificação, o alicerce de uma casa.

A partir dele vem as "fiadas de blocos" que vão construindo as muralhas da parede. Pedro entendeu isto plenamente e nos explicou:

"Achegando-vos a Ele, a Pedra Viva, rejeitada pela humanidade, mas eleita e preciosa para Deus, VOS TAMBÉM, COMO PEDRAS VIVAS, SOIS EDIFICADOS COMO CASA ESPIRITUAL, COM O PROPÓSITO DE SERDES SACERDÓCIO SANTO, oferecendo sacrifícios espirituais aceitáveis a Deus, por meio de Jesus Cristo. Porquanto, assim está registrado na Escritura: “Eis que ponho em Sião uma pedra angular, escolhida e preciosa, e aquele que nela deposita sua confiança jamais será envergonhado”. I Pe 2:4-6

Pedro está tomando o princípio que Jesus estabeleceu ao lhe revelar isto:

"Disse-lhes ele: E vós, quem dizeis que eu sou?
E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.
E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus.
Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;"  Mateus 16:15-18

Observe que Jesus diz a Pedro que nele, em Pedro, edificaria uma igreja e a razão disto se dá pelo fato de que PEDRO HAVIA RECEBIDO A REVELAÇÃO DO PAI.

Que revelação? De que ELE, JESUS CRISTO,  é O FILHO de Deus.

Ficou claro que é a revelação de Deus a respeito de seu FILHO é que torna alguém em pedra para edificação da igreja de Cristo.

Quando falo a respeito disso para os irmãos, costumo perguntar e, o mesmo lhe faço agora:

Você, quem diz ser Jesus Cristo? Sua convicção e CONFISSÃO é a mesma que a de Pedro? Então se coloque diante da mesma promessa:

"Bem-aventurado é VOCÊ, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus.  Pois também eu te digo que tu és uma PEDRA, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela."

SE VOCÊ POSSUI A MESMA REVELAÇÃO QUE A DE PEDRO, VOCÊ TAMBÉM É UMA PEDRA DE EDIFICAÇÃO. ASSUMA ISTO PORQUE DISTO DARÁ CONTAS A DEUS.

Jesus toma a cada um daqueles que recebe a mesma revelação para fazer a partir destes a edificação do santuário de Deus, daí a forma quadrangular.

O exercício de seu sacerdócio pessoal, na observância da  SÃ DOUTRINA e na comunhão com os demais sacerdotes, te constitui autoridade no reino de Deus e te responsabiliza para que em Cristo, você reproduza outros na fé para dar continuidade na obra de construção da cidade celestial.

Entende porque satanás modificou o modelo de governo da igreja? Ele não quer que esta edificação tenha exito. Quando você insiste permanecer no mesmo modelo de governo piramidal, sua vida espiritual torna-se infrutífera, truncada e você passa décadas e décadas sem entender a razão de sua vida em Cristo. Isto te esfria por causa da ociosidade. Tudo perde o sentido por não existir um objetivo eterno.

No modelo piramidal, você não tem responsabilidade no reino, você é apenas um expectador leigo e nada mais. É assim que Satanás quer você, por isso corrompeu a igreja de Roma que tornou-se no padrão de congregação para todas aquelas que vieram a partir dela.

Por fim, Jesus Cristo, nosso Senhor, revela para nós em apocalipse que a edificação de sua igreja não é piramidal:

"A cidade era quadrangular; e o seu comprimento era igual à sua largura. E mediu a cidade com a cana e tinha ela doze mil estádios; e o seu cumprimento, largura e altura eram iguais."  Apocalipse 21:16

No reino de Deus, todos somos iguais. Não existe autoridade humana uns sobre os outros, a autoridade é a PALAVRA, é nela que todos do corpo devem convergirem-se.

Quando lemos isto, nos vem à mente uma cidade construídas de casa e prédios, mas não é isto não. Vejamos:

"E vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que descia do céu da parte de Deus, adereçada como uma noiva ataviada para o seu noivo."  Ap 21:2


A cidade são pessoas, a noiva de Jesus. Continua...


"E ouvi uma grande voz, vinda do trono, que dizia: Eis que o tabernáculo de Deus está com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e Deus mesmo estará com eles."  Apocalipse 21:,3

Nos foi revelado também que as pessoas são valiosas como pedras preciosas e são organizadas em 12 fundamentos cada um destes fundamentos são representados por um tipo de pedra preciosa:

"O muro era construído de jaspe, e a cidade era de ouro puro, semelhante a vidro límpido.  Os fundamentos do muro da cidade estavam adornados de toda espécie de pedras (PEDRAS VIVAS - GRIFO MEU) preciosas. O primeiro fundamento era de jaspe; o segundo, de safira; o terceiro, de calcedônia; o quarto, de esmeralda;  o quinto, de sardônica; o sexto, de sárdio; o sétimo, de crisólito; o oitavo, de berilo; o nono, de topázio; o décimo, de crisópraso; o undécimo, de jacinto; o duodécimo, de ametista.

As doze portas eram doze pérolas: cada uma das portas era de uma só pérola; e a praça da cidade era de ouro puro, transparente como vidro.
NELA NÃO VI SANTUÁRIO, porque o seu santuário é o Senhor Deus Todo-Poderoso, e o Cordeiro."  Apocalipse 21:18-22,

O reino de Deus (igreja) é QUADRANGULAR , não PIRAMIDAL, formado por pessoas que  se tornaram valiosas por viver para Cristo e em Cristo, crucificados. Sua preciosidade vem da permanência da fé até o fim.

Também fica claro que o reino de Deus, suas preciosidades não são o ouro literal e as joias literais, mas os valores de Cristo que cada um sustenta em si.

Todos são iguais, com valores complementares, formando a grande cidade santa, de fundamento em fundamento, sem ninguém no topo, nem mesmo Cristo, a maior autoridade desta cidade, aquele que se encontra na base de todos os outros fundamentos.

Como percebemos, na doutrina que Jesus concede a seus apóstolos, o modelo de governo da igreja nunca foi e jamais será piramidal, triangular, onde existem um pontificados piramidais sustentados pela rede hierárquica que vem sob uns dos outros. Este modelo caracteriza o SISTEMA NICOLAÍTA reprovado por Jesus Cristo, o qual ele ODEIA, conforme diz em  Apocalipse 2: 6 e 15.

O que Jesus Cristo está construindo é uma replica dele em cada um de nós, para que sejamos também um corpo de fundamentos a fim de que outros venham se solidificar por meio do nosso modo de servir a Deus, como exemplos de fé a fim de aperfeiçoar os santos que vão nascendo no reino de Deus.

Isto, Pedro também nos ensina:
"Aos presbíteros (anciãos= maturidade), pois, que há entre vós, rogo eu, que sou presbítero (ancião) com eles e testemunha dos sofrimentos de Cristo, e participante da glória que se há de revelar:

Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, não por FORÇA, mas espontaneamente segundo a vontade de Deus; nem por TORPE GANÂNCIA, mas de boa vontade; nem como DOMINADORES sobre os que vos foram confiados, mas servindo de exemplo ao rebanho."  1 Pedro 5:1-3

De acordo com Pedro, as autoridades da igreja de Cristo deve ser uma referência de obediência ao evangelho e jamais SENHORES DO REBANHO, mediando a relação da igreja com CRISTO.

No entanto, Satanás promoveu a fusão do joio com o trigo para destruir o modelo de governo sacerdotal do corpo de Cristo e estabelecer o nicolaísmo, colocando o homem no controle, como sempre fez para poder dominar através do egoísmo plantado por ele em Adão.

Satanás governava o Império Romano por meio dos cesares e, por meio de Constantino, corrompeu a igreja de Roma, ungindo os seus como líderes. Assim, Constantino usurpou a autoridade de Cristo na igreja romana e substituiu a autoridade do corpo sacerdotal, concentrando o poder na mão de seus aliados, os quais dominava.

A história nos revela todas estas coisas.

Diante desta profunda explanação quero te fazer a seguinte pergunta para que você possa refletir:

Em que igreja você está? Qual cristianismo você tem seguido? Aquele que vem de Jerusalém, ou o romano?

O despertamento pode ser adquirido somente quando conhecemos a verdade tal como é.

Existem muitas pseudas verdades oriundas de pseudo "Jesus Cristo". Estas coisas não podem te libertar. Toda meia verdade é em potencial uma grande mentira mascarada.

A realidade das igrejas revelam o poderio que está sobre elas. É nítido que o Cordeiro de Deus não está presente. Pelos frutos os conhecereis.

Não podemos mudar a situação do mundo, mas podemos mudar nossa realidade pessoal quando permitimos que a VERDADE NOS LIBERTE.

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Todo os comentários serão muito bem vindos desde que seja com responsabilidade. Ao fazer críticas, elogios e sugestões use do bom senso. Não serão publicados textos que não respeitem estas regras.

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo do blog

Theme Support